BONEQUINHA DE PANO

de Ziraldo

Vídeo na integra

SINOPSE

 

A Boneca Pitucha vive no sótão da casa da vovó desde que sua dona, a menina Leninha, cresceu e parou de brincar com ela. Certo dia, ela acorda com uma movimentação diferente na casa, cujos sons a fazem lembrar do tempo em que brincava com as crianças. A partir daí, ela revive diversos acontecimentos de sua trajetória como boneca de pano que revelam as etapas do crescimento da menina Leninha, sua relação com os pais, com a avó, com os primos e os fatos da vida e suas consequências.

 

Através da visão da Boneca o espectador é conduzido ao passado e revive, de forma delicada, as transformações da menina e das crianças que com ela conviviam. O tempo transcorre e a história apresenta o reencontro da Boneca com a sua menina, vinte anos depois, e a reflexão de Leninha sobre o ciclo da vida, com a simplicidade e a beleza de seus encontros e desencontros

ficha técnica

 

Texto: Ziraldo

Direção: Dilmar Messias

Atuação: Renata de Lélis  

Cenário e figurinos:Daniel Lion

Trilha sonora e coreografias: Maninha Pedroso 

Participação nos arranjos musicais: Duda Follmann 

Participação vocal: Adriana Deffenti 

Iluminação: Fernando Ochôa Confecção de figurinos: Lígia Rigo Bonecas e adereços: Tânia de Castro

Produção executiva: Lutti Perreira

Fotos do espetáculo

Destemperados Companhia de Teatro,  Porto Alegre/Rio Grande do Sul/Brasil   

 e-mail: destemperadosteatro@gmail.com Telefone: 51-9-9163-2533